segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Mámiferos

Os mamíferos compreendem a classe dos vertebrados mais complexa, na qual está inserida a espécie humana; Há mamíferos distribuídos do Polo Norte ao pólo Sul, nos mares, nos rios, nos lagos, nos desertos, nas florestas, e nos campos, enfim, vivendo em toda a biosfera. São mamíferos o ser humano, a baleia, o morcego, a onça, o boi, o cão, o rato muitos outros.

Revestimento

O corpo do mamífero é parcial ou totalmente revestido por pêlos. Trata-se de uma característica exclusiva dos mamíferos, pois embora falemos de aranhas com "pêlos" e moscas com o "pelos", esses mesmos não são pelos, são feitos por substancias diferentes. Os pelos protegem principalmente contra a perda de calor e podem também ajudar a camuflar¹ o animal contra os pedradores.
Os mamíferos, assim como as aves, possuem o panículo adiposo, que ajuda a manter o calor do corpo. Possuem gandulas sudoríferas e sebáceas; estas lubrificam a pele.

Classificação

A classe dos mamíferos possui grande variedade de espécies.
Inicialmente vamos separar-los em três grupos: monotremos, marsupiais e placentários;

  1. Monotremos: Os monotremos são os mamíferos mais primitivos.. Ainda possuem características dos répteis, grupo dos quais se originaram. Além do bico, esses animais tem fêmeas ovíparas. com, filhores qye se desenvolvem dentro de ovos com casca.
    Os únicos representantes sçai o curioso ornitorrinco e a equidna, encontrados apenas na Austrália, na Tasmânania e na Nova Guiné.
  2. Marsupiais: Exceto os fambás, que exalam um cheiro horrível quando incomodados, e as cuícas, que vivem nas Américas, todos os demais encontram na Austrália e redondezas, como os cangurus, o coala, o diabo-da-tasmânia, o vombate e outros. Eles não põem ovos; os filhotes começam a desenvolver dentro de um órgão das fêmeas, o útero. Os quais nascem prematuros e terminam a gestação dentro de uma bolsa dentro da barriga. A famosa bolsas dos cangurus.
  3. Placentários: Como nos monotremos e nos marsupiais, a fecundação é interna e o desenvolvimento deo embrião também. Os embriões desenvolvem-se, até nascerem, presos no interior do útero pela placenta, que se solta somente na ocasião co nascimentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário